top of page
  • Foto do escritorprojetacomunicacao1

Zepbound

A FDA, agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, aprovou o uso do Zepbound, um medicamento da gigante farmacêutica Eli Lilly em forma de caneta injetável para o tratamento da obesidade.



Essa caneta se soma a outras que já estão no mercado, como o Ozempic e o Wegovy, e que, recentemente, viraram uma febre mundial entre as pessoas que querem perder peso.



A aprovação do Zepbound oficializa, nos EUA, o uso de uma substância já amplamente prescrita de forma off-label (ou seja, para uma finalidade fora da bula) para perda de peso: a tirzepatida.



A droga já vinha sendo comercializada no medicamento Mounjaro, mas apenas para o tratamento de diabetes. No Brasil, em que a substância foi aprovada pela Anvisa para tratamento de diabetes, mas ainda não é comercializada.



Em estudos clínicos que embasaram a sua aprovação, a Tirzepatida demonstrou um desempenho superior na regulação dos níveis de glicose no sangue e na perda de peso em comparação com a Semaglutida.



Segundo a fabricante do medicamento, o Zepbound deverá estar disponível nos Estados Unidos até o final do ano, em seis doses diferentes (2,5 mg, 5 mg, 7,5 mg, 10 mg, 12,5 mg, 15 mg), com um preço de tabela estimado em 1.059,87 dólares (cerca de R$ 5.000).



A FDA aprovou o medicamento para pessoas consideradas obesas, com um Índice de Massa Corporal (IMC) de 30 ou mais, ou para pessoas que têm excesso de peso e uma condição de saúde relacionada, como pressão alta, colesterol elevado ou diabetes.


A agência recomendou ainda que o medicamento seja usado junto com uma alimentação saudável e exercícios regulares. #endocrinologista #endocrinologia #saude #canetasemagrecedoras #emagrecimento

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page