top of page
  • Foto do escritorprojetacomunicacao1

5 MANDAMENTOS para o uso correto do hormônio da tireoide


Antes vamos entender um pouco sobre esses hormônios! A glândula tireoide produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). O T4 é produzido em maior quantidade pela glândula e é convertido perifericamente em T3, que é o hormônio ativo.

A principal função dos hormônios tireoidianos é a regulação do nosso metabolismo, ou seja, do equilíbrio entre o gasto e o armazenamento de energia. Eles também têm papel importante no desenvolvimento do sistema nervoso, metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios, controle da pressão arterial e dos batimentos cardíacos, dentre outras funções.

Em algumas situações, como na Tireoidite de Hashimoto ou após a cirurgia da tireoide, a glândula não consegue produzir os seus hormônios em quantidade suficiente. Nesses casos, é necessário fazer a reposição do hormônio tireoidiano.

A levotiroxina é um hormônio sintético semelhante ao hormônio T4, produzido pela glândula tireoide. É a terapia de escolha para reposição em pessoas com hipotireoidismo. A sua absorção ocorre no intestino (jejuno e íleo) e é bastante variável (conseguimos absorver cerca de 50 a 80% da dose administrada). Depende de alguns fatores como a acidez gástrica, interferência com outras substâncias e medicamentos, flora intestinal, dentre outros.

São exemplos de interferentes que atrapalham a absorção da levotiroxina:

- Alimentos: café, fibras, proteína de soja;- Medicamentos: sulfato ferroso, carbonato de cálcio, inibidores de bomba de prótons (como o omeprazol), hidróxido de alumínio, orlistate;- Doenças: doença celíaca, intolerância à lactose, doenças inflamatórias intestinais, infecção por H. pylori, cirurgia bariátrica.

Dito isso, seguem os 5 mandamentos para uso correto do hormônio tireoidiano:

1) Tomar em jejum;2) Tomar sempre com um copo cheio de água;3) Esperar pelo menos 30 minutos para comer;4) Não tomar junto com outros medicamentos;5) Não ficar trocando de marca (as marcas apresentam formulações diferentes e isso pode interferir na absorção do hormônio);

“Ah, mas não consigo esperar para tomar café da manhã!”... nesse caso, outras alternativas são possíveis, como tomar o remédio 3h após a última refeição, ou tomar junto com vitamina C para melhorar a sua absorção.

Em alguns casos, pode haver uma dificuldade para ajustar a dose do hormônio tireoidiano devido a algum distúrbio de mal absorção. Nessas situações, é importante realizar uma investigação detalhada com alguns exames complementares.

E aí? Você segue direitinho os mandamentos?

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page